Skip to main content

Full text of "Metro Brazil - Metro Porto Alegre - 2013-02-01"

See other formats


ARQUIVO PESSOAL 




o E 
O -o 



Um relato emocionante 

Jovem escreve para namorada que morreu pág.cb 



TODOS LOUCOS 
POR JENNIFER 

CONHEÇA A ATRIZ DE 22 ANOS QUE É A 

MAIS NOVA QUERIDINHA DE HOLLYWOOD pâg.io 



á 



metr 




PORTO ALEGRE 

Sexta -feira, 

1^ de fevereiro de 2013 
Edição 311, ano 2 




MAX: 38°C 



www.readmetro.com | leitor.poa@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metropoa 



Surgem evidências de uso 
frequente de fogos na Kiss 

Tragédia em Santa Maria. Polícia Civil tem foto, vídeo e relatos de testemunhas que comprovariam que casa noturna recebia shows 
pirotécnicos, o que depõe contra proprietários. Deleqado confirmou que espuma do teto era inflamável e contribuiu para mortes pag.m 



«3 




Com time B, 
Grémio leva 



goleada 



Tricolor perde por 4 a O para o São 
Luiz, em Ijuí, peia quarta rodada do 
Campeonato Gaúcho pág.iô 



Gasolina já está 
mais cara nos 
postos da capital 

Preço do litro comum passou da 
média de R$ 2,69 para R$ 2,89, mas 
há postos perto dos R$ 3 pág.o7 

Coronel Fábio 
Duarte assume hoje 
a Brigada Militar 

Escolhido pelo governador Tarso 
Genro é formado em Direito e tem 
mestrado em Sociologia pág.o2 



02 FOCO 



PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, l 9 DE FEVEREIRO DE 2013 

www.readmetro.com 



FOCO 





Novo comando da 
BM assume hoje 

Mudança na segurança. 0 governador Tarso Genro apresentou ontem ; no Palácio 
Piratini, os três novos oficiais que estarão no comando da Brigada Militar a partir de hoje 



Em meio à investigação que 
apura a parcela de responsa- 
bilidade do Corpo de Bom- 
beiros no incêndio em que 
235 jovens perderam a vida, 
em Santa Maria, o governa- 
dor Tarso Genro apresentou 
ontem um novo comandan- 
te para a corporação. O co- 
ronel Fábio Duarte assume o 
comando-geral da Brigada Mi- 
litar, que compreende tam- 
bém os bombeiros - posto 
deixado pelo coronel Sérgio 
Abreu que se aposenta. 

Formado em Direito e 
mestre em Sociologia, o no- 
me do coronel Fábio cau- 
sou polemica. Militante do 
PT, ele trabalhou na banca- 
da do partido na Assembleia 
e é apontado como uma es- 
colha política que pode cau- 
sar desconforto na tropa 
por estar afastado dos quar- 
téis. Questão imediatamen- 
te afastada pelo titular da 
Secretaria Estadual de Se- 
gurança Pública, Airton Mi- 
chels. "Em qualquer repú- 
blica democrática os cargos 
são ocupados por pessoas 
que tenham afinidades com 
os governantes. Só que uns 
assumem isso e outros não. 
O coronel Fábio é um pes- 




0 governador Tarso Genro apresentou ontem o novo comando da BM i gabrieladi bella/metro 



quisador, estudante aplica- 
do em segurança pública e 
essa experiência só vai aju- 
dar a aprimorar a Brigada 
Militar", enfatizou Michels. 

Subchefe de operações 
da Casa Militar, o coronel 
Fábio deveria ter assumido 



na quarta, mas a tragédia 
em Santa Maria adiou a ceri- 
monia oficial para hoje, no 
Quartel do Comando-Geral. 
O subcomandante escolhido 
é o coronel Silanus Mello, que 
atuava no Comando de Poli- 
ciamento Metropolitano, e o 



chefe do Estado-maior é o co- 
ronel Alfeu de Freitas, antes 
responsável pelo Comando de 
Policiamento da Capital. 




LETÍCIA 
BARBIERI 

METRO PORTO ALEGRE 



FABIO 
DUARTE 



O coronel assume hoje e 
tem como meta modernizar 
a gestão, ampliando o poli- 
ciamento ostensivo. 

Qual é o desafio desta nova 
missão, coronel? 

Vamos dar continuidade ao 
trabalho, mas com caracterís- 
ticas de uma gestão que nós 
vamos implantar. Óbvio que 
a situação hoje é crítica, esta- 
mos todos enlutados, mas o 
importante é ter consciência 
que a BM tem que dar sensa- 
ção de segurança à sociedade. 

E o que significa mudança 
de gestão? 

É levar o efetivo para traba- 
lhar mais na operacionalida- 
de. No sentido de ampliar o 
policiamento ostensivo, que 
a sociedade tenha mais visibi- 
lidade dele. 

Como o senhor encara as crí- 
ticas à sua nomeação? 

Eu sempre valorizei a insti- 
tuição. A minha formação 
académica facilita algumas 
coisas. Precisamos empregar 
ações de gestão. Não acredito 
que vá prejudicar, pode 
beneficiar. 

LETÍCIA BARBIERI 





Pedro Westphalen 
assume Assembleia 



Cerimónia de posse foi ontem, na Assembleia i gabriela di bella/metro 



Em seu terceiro mandato de 
deputado estadual, Pedro 
Westphalen (PP) assumiu 
ontem a presidência da As- 
sembleia Legislativa. O mé- 
dico de Cruz Alta ficou entre 
os três deputados mais vota- 
dos no Estado na última elei- 
ção, com quase 73 mil votos. 

Segundo Westphalen sua 
preocupação será a de dar 
condições aos parlamenta- 
res de executarem os seus 
mandatos e dar continuida- 
de aos bons projetos em an- 



damento na Casa. "Não que- 
ro ter uma marca, a não ser 
a de presidente de todos os 
deputados, dando condi- 
ções a eles de trabalharem. 
Não quero cair na tentação 
de começar nada sem an- 
tes concluir o que começou 
dos bons projetos, debaten- 
do com todos, transigindo 
quando tivermos que tran- 
sigir, mas também sen- 
do firmes quando tivermos 
que ser firmes", garantiu. 



Emergência 



Reforma fechará 
setorda Santa 
Casa por dez dias 

A emergência de convé- 
nios e particulares do Hos- 
pital da Criança Santo 
Antônio, unidade pediá- 
trica da Santa Casa de Por- 
to Alegre, ficará fechada 
de 8 a 17 de fevereiro pa- 
ra reforma e manutenção 
da área física. A emergên- 
cia do Hospital da Criança 
Santo Antônio que atende 
os pacientes do SUS per- 
manecerá funcionando. 




FALE COM A REDAÇAO 

leitor.poa@metrojornal.com.br 
051/2101.0471 



0 jornal Metro circula em 23 países e tem alcance diário superior a 20 milhões 
de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação 
e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a 
sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, 
ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários. 



EXPEDIENTE 

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. (MTB: 70.145). 

Diretor de Redação: Fábio Cunha. Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. 

Diretora Financeira: Sara Velloso. Editor Chefe: Luiz Rivoiro 

Editor-Executivo de Arte: Vítor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. 

Gerente Executivo: Ricardo Adamo. 

Metro Porto Alegre. Gerente Executivo: Luís Grisólio. Editor Executivo: Maicon Bock (11.813 DRT/RS). 
Editora de Arte: Julia Rodrigues. Grupo Bandeirantes de Comunicação RS. Diretor-Geral: Leonardo Meneghetti. 



Editado e distribuído por SP Publimetro 
S/A. Endereço: rua Delfino Riet, 183, 
Santo Antônio, 90660-120, Porto 
Alegre, RS. TeL: (051) 2101-0471 
0 jornal Metro é impresso no 
Grupo Sinos S/A. 



Í'q pTp: A tiragem e distribuição 
| bUU desta edição de 40.000 



exemplares são 
auditadas pela BDO. 



Minuto de 
silêncio 

A cerimonia de posse do 

novo presidente da 
Assembleia Legislativa foi 
marcada por uma 
homenagem às vítimas 
do incêndio de Santa 
Maria. O deputado 
Alexandre Postal (foto), 
que entregou o cargo 
ontem a Pedro Westpha- 
len pediu um minuto de 
silêncio em memória dos 
jovens que 
perderam a vida. 



Radar móvel 

Hoje, o radar móvel 
do EPTC estará nas 
seguintes vias: 

• Bento Gonçalves 

• Salvador França 

• Assis Brasil 

• Protásio Alves 

• Dante Ângelo Pilia 

• Ipiranga 

• Manoel Elias 

• Severo Dullius 

• Plínio Kroeff 

• Nilo Peçanha 

• Padre Cacique 

• João de O. Remião 

• Dom Pedro II 




PORTO ALEGRE, SEXTA- FE IRA, I o DE FEVEREIRO DE 2013 
www.readmetro.com 



FOCO 03 



O relato que comove o país 

Sonhos interrompidos. Texto de jovem para namorada que morreu na tragédia de Santa Maria ganha repercussão nas redes sociais 



Fora de contexto, é só um re- 
cado de um jovem para a na- 
morada. A mensagem do es- 
tudante Lucas Souza, 18 anos, 
porém, nunca será lida por 
Paula Gatto, 19 anos. Ela é 
uma das 235 vítimas da tra- 
gédia de Santa Maria. O co- 
movente relato, feito como se 
Paula fosse ler a mensagem, 
já foi lido por quase 200 mil 
pessoas no Facebook e teve 
mais de 37 mil compartilha- 
mentos (veja ao lado). 

O texto foi publicado na se- 
gunda-feira, depois do enterro 
da jovem, que estudava Agro- 
nomia na UFSM, assim como 
o namorado. No noite da tra- 
gédia, Lucas estava acampan- 
do com amigos em Ivorá, mu- 
nicípio onde nasceu, a 40km 
de Santa Maria. Já Paula havia 
ido à festa com amigas. O ca- 
sal estava junto havia seis me- 
ses, numa relação que se ini- 
ciou na própria Kiss. 

Ele ficou sabendo do in- 
cêndio às 6h30, ao receber 
uma ligação. "Corri para San- 
ta Maria, rodei os hospitais 
atrás dela. Como não achei 
em lugar nenhum, fui para o 
ginásio onde estavam os cor- 
pos. Acabei reconhecendo ela 
pela corrente de pérola e o re- 
lógio. Sem medo de errar, é 
a pessoa mais importante da 
minha vida", contou ontem. 

Emocionado, o pai de Pau- 
la, José Paulo Gatto, 47 anos, 
disse que a filha queria apre- 
sentar o namorado à família 
antes do Carnaval: "Ela me 
disse: 'Pai, ele é o amor da mi- 
nha vida'. Tinham até pensa- 
do no nome dos filhos que 
iam ter juntos". O festejo que 
participariam, na Quarta Co- 
lónia, composta por municí- 
pios da região de Ivorá, aca- 
bou cancelado pela tragédia. 



MAICON 
BOCK 

METRO PORTO ALEGRE 





'01 AMORE' a tá7 rheguei bem, pode ««r tranks/ Saje ^^K!* 0 

unida, amore. Pena que 
força." 



"7 MULHER DA MINHA VIDA ' Tu tinhas que jer! t«jg. gJ^yilMe * 

^ i i i 9 



hatch 



• a a firha to vendo que não vou ter a 
um dia ainda vamos nos encontrar, porque ^ 

sabe que eu te amo, 



que foi 



Onze melhoram e deixam 
de respirar por aparelhos 



Ministério da Saúde cria 
Gabinete de Crise no RS 



Uma boa notícia em meio 
a tantos dramas. Balanço 
divulgado ontem pela SES 
(Secretaria Estadual da Saú- 
de) informa que 11 pacien- 
tes feridos no incêndio de 
domingo, em Santa Maria, 
permanecem na UTI, mas 
já respiram sem a ajuda de 
aparelhos. 

Dos 87 pacientes feridos 
que permanecem interna- 
dos em UTIs em diversas 
cidades, 11 já conseguem 
ficar sem a ventilação me- 
cânica. A informação foi 



divulgada ontem pelo se- 
cretário estadual da Saú- 
de, Ciro Simoni, ao lado de 
profissionais que partici- 
pam da força-tarefa mon- 
tada para garantir o aten- 
dimento mais adequado 
aos feridos no incêndio na 
capital. 

No total, 138 pessoas es- 
tão internadas nas cidades 
de Santa Maria, Porto Ale- 
gre, Canoas, Ijuí e Caxias 
do Sul: 51 em enfermarias 
ou em observação e 87 em 
UTI. O secretário destacou 



o trabalho das equipes de 
saúde que atuaram direta- 
mente em todas as etapas 
da operação de socorro às 
vítimas. 

"Desde o acolhimento 
dos feridos em Santa Maria, 
passando pela avaliação de 
quem precisava de trans- 
ferência, o transporte aé- 
reo com suporte terrestre 
do Samu, até o atendimen- 
to em Porto Alegre, todo es- 
te processo reuniu muitos 
profissionais que fizeram a 
diferença", disse. ® metro poa 



O Ministério da Saúde anun- 
ciou ontem a criação de um 
Gabinete de Crise da Força 
Nacional do SUS em Porto 
Alegre. O gabinete irá traba- 
lhar em parceria com o outro 
que já foi instalado em San- 
ta Maria. 

O objetivo é concentrar 
ações que estão sendo im- 
plantadas de imediato, com 
duração até 18 de fevereiro, 
para acompanhamento per- 
manente aos pacientes inter- 
nados nos hospitais gaúchos 
devido à tragédia, com reali- 



zação diária de videoconfe- 
rências médicas para análise 
da evolução dos casos. 

Até 18 de fevereiro, o Cen- 
tro de Atenção Psicossocial 
de Santa Maria permanece- 
rá funcionando 24 horas por 
dia. Também seguem em 
funcionamento os núcleos 
de acolhimento aos familia- 
res em todos os hospitais on- 
de há pacientes internados. E 
após esta data será feita uma 
nova avaliação para definir a 
continuidade dos serviços. 

Uma equipe da Univer- 



sidade de Toronto (Canadá) 
chega ao Brasil amanhã pa- 
ra avaliar pacientes e iniciar 
a aplicação da técnica de ven- 
tilação extracorpórea nos pa- 
cientes internados, que ajuda 
a promover uma recupera- 
ção pulmonar mais rápida. 
A Universidade de Toronto é 
o maior centro de referência 
na técnica na América. 

A Força Nacional do SUS 
conta hoje 66 voluntários en- 
tre médicos, enfermeiros, fi- 
sioterapeutas, psicólogos e 
psiquiatras. ® metro poa 



metn 



04 



FOCO 



PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, I a DE FEVEREIRO DE 2013 

www.readmetro.com 



Boate Kiss já tinha registro 



de 



Contra a parede. Evidências em fotos e relatos de testemunhas 
indicam que estabelecimento já recebia shows com fogos 



Uma imagem que circula 
nas redes sociais deu indí- 
cios à polícia de que shows 
pirotécnicos eram frequen- 
tes na boate Kiss - palco da 
tragédia ocorrida em San- 
ta Maria na madrugada de 
domingo. Na foto de 2012, 
publicada no Facebook pe- 
lo delegado regional de San- 
ta Maria, Marcelo Arigony, 
animadores aparecem pro- 
movendo um espetáculo 
com fogos em um palco da 
boate. A imagem corrobora 
relatos de testemunhas que 
frequentavam a danceteria. 

"Recebi pelo msn do fa- 
ce. Tirem suas próprias con- 
clusões!", disse Arigony na 
postagem. Na imagem, o 
logo da casa noturna Kiss 
aparece em um televisor, 
comprovando ser no mes- 
mo local que protagonizou 
a maior tragédia da histó- 
ria do Rio Grande do Sul. 
As grandes labaredas de fo- 
go que emergiam de latas 



"Se a espuma 
não estivesse lá, 
provavelmente teríamos 
apenas um pequeno 
foco de incendo." 

MARCELO ARIGONY, DELEGADO REGIONAL 
DE SANTA MARIA 

de aerosol apontadas para 
o alto. 

Segundo relatos de so- 
breviventes, a boate Kiss re- 
cebia com frequência shows 
pirotécnicos, inclusive da 
própria banda Gurizada 
Fandangueira, envolvida na 
tragédia. Os jovens do gru- 
po formado em Santa Maria 
recorriam frequentemente 
à pirotecnia para "animar" 
seus shows, segundo relatos 
dos próprios músicos. 

De acordo com o Marce- 
lo Arigony, as chamas pode- 
riam ter sido debeladas se 
não tivesse atingido a espu- 



ma - isolante acústico uti- 
lizado na casa noturna. O 
contato liberou uma subs- 
tância tóxica e propagou o 
fogo. "Se a espuma não esti- 
vesse lá, provavelmente te- 
ríamos apenas um pequeno 
foco de incêndio na boate", 
afirmou Arigony. 

Prisão mantida 

Ontem, o juiz plantonista 
da Comarca de Santa Maria 
Afif Simões Neto negou a re- 
vogação de prisão temporá- 
ria pedida por Kiko Spohr, 
um dos sócios da boate. 
Ele está internado no Hospi- 
tal de Cruz Alta desde o dia 
posterior à tragédia. 
Outra informação de ontem 
foi o relato de Vanessa Vas- 
concellos, ex-funcionária da 
Kiss. À polícia, ela relatou 
que Kiko Spohr não repôs 
os extintores de incêndio 
da casa desde que realizou 
uma reforma no ano passa- 
do. © METRO POA 




ís n f~if v n rr 



Mjtcc Id Mtenticv Arigany 

FolipA-pq ■ 14 hflurj iqg vil meblle 



R«,ebi velo m^n dp faz*. Tu*m *uji própridi 



AMfcclE mm-nr* Juit*J i v aun meei 
qiw*çmB4,Lij!t st jnetoras ia 

Ir 0+44*44- 

1* mlmrfri ao* ■ A? 
fitfM HJrrlni 6mpf«irtn. B- di?çr g rr** tipi* 

q Vi^H^rd QMf hpç d _irl rtitn rívnlra c±J bailf ■' 

Cp*»* «nn nc*, í pup?,TJípgr flmaJp noi-sú 
qut j fcmdi Aula na pjko. rn*t nfar ma 
D'fD'.íU-.6. 4 mS-j ú Ale íúl i pr -rt.fi st i a m 

14 rrWnuiti aga ■ LAc- ■ A 1 

P Oiillina írmalin ( a<a-.á dHr* ra. j.pc, jbínn 

4 min u tu. jqra ■ Likt «5 | 

IHndrar I cíi. v mina mu MT, rsa> >gu **í..,m* 
fDfmtí tsT| £u Hirfa. c è ('ZTi urn v pulha 

mití limwflfrtl egieH.*. rxiia urra. cv* prtdutfc 

flffl.JiM pvj C|L< * JuM^a IhíJi fírtJ! 

$ mlnuErt pqd • Ufct ■ f& | 

[ Rfl-s a«* i*ni ps 'i-iJijr^-i nas v"iiTas feír* 
| tom* IHa l4nU FpUjU tUl pHmH- H M leu 
UáWJrrt. dtftfiaH. íípcrú 4u4 rtal rHráaJI 

P4vf i41ft t flMt 44 «f|f«ri|4v«l|. i^^n* 

Ò^amtffw rfl^ns^pilM^fl. hçw EMI? rJ* 
jh! L»nfJ rrtW *tv,r J "WrirJtiíi rU 

^ípunldadE* lAÍTAJItt 



Delegado do caso colocou ontem foto de show com labaredas de fogo na boate Kiss em 2012 1 reproduçâo/facebook 



Casas noturnas terão 
que informar capacidade 



O Procon de Porto Alegre 
começa hoje a notificar as 
46 casas noturnas de Porto 
Alegre, exigindo a infor- 
mação de capacidade dos 
estabelecimentos na porta 
principal, junto à entrada 
do local. As boates terão o 
prazo de dez dias para se 
adequarem à norma. 

Duas casas noturnas 
de Porto Alegre, popula- 
res entre jovens e costu- 
meiramente lotadas, fo- 
ram interditadas na noite 
de quarta-feira em ação de 
fiscalização de diversos ór- 
gãos municipais. 

As atividades comer- 
ciais do Cabaret!, na aveni- 
da Independência, foram 
plenamente interrompi- 
das. O Beco, endereçado 
na mesma via, teve o pri- 
meiro andar interditado 
por ausência de ilumina- 
ção indicativa da porta de 
saída. 

As boates terão uma se- 



"0 problema de higiene 
me causou impacto em 
várias casas" 

HUMBERTO GOULART, TITULAR DA SMIC 

mana para reparar as ir- 
regularidades, segundo 
afirmou o secretário mu- 
nicipal de Produção, In- 
dústria e Comércio, Hum- 
berto Goulart. 

"O prazo é de uma se- 
mana. Enquanto isso, nós 
vamos sentar em volta da 
mesa, pegar os técnicos e 
discutir, para ver se a me- 
todologia está certa", rela- 
tou o Dr. Goulart. 

As condições higiénicas 
são o ponto negativo em 
comum entre as boates 
porto-alegrenses. "O pro- 
blema de higiene que me 
causou o impacto em vá- 
rias casas visitadas", reve- 
lou Humberto Goulart. 




Evento. Procissão de 
Navegantes ocorre amanhã 



A procissão de Nossa Se- 
nhora dos Navegantes, o 
maior evento religioso do 
Rio Grande do Sul, ocorre- 
rá amanhã em Porto Alegre. 
São esperadas cerca de 100 
mil pessoas na caminhada, 
que terá o Santuário dos Na- 
vegantes como destino. 

A celebração se inicia às 
7h com uma missa no San- 
tuário do Rosário, no bair- 
ro Centro, onde a imagem 
da Nossa Senha se encon- 
tra desde o dia 20 de janei- 
ro. Do local, os fiéis percor- 
rerão um trajeto que passa 
pelas vias Vigário José Iná- 
cio, Mauá, Castelo Branco 
até chegar ao destino, onde 
será realizada uma missa 
campal presidida pelo arce- 
bispo metropolitano, dom 
Dadeus Grings. 

Homenagem à Santa Maria 

A coordenação da festa co- 
municou que toda a par- 
te religiosa do evento será 
dedicada às vítimas da tra- 
gédia de Santa Maria. Em 
sinal de luto pela catástro- 
fe ocorrida na boate Kiss, 



todas as atividades artís- 
ticas programadas foram 
canceladas. 

A 138 a edição da Pro- 
cissão de Nossa Senho- 
ra dos Navegantes assu- 
me o compromisso com 
a causa da sustentabilida- 
de ambiental. Para isso, os 
organizadores da festa pro- 
moverão, em parceria com 
a Secretaria Municipal do 
Meio Ambiente, palestras 
educativas. 



Roleta liberada 



Passe livre 
no feriado 

O dia da Procissão de 
Nossa Senhora dos Nave- 
gantes será de passe li- 
vre nos ônibus da capi- 
tal. Informações sobre o 
itinerário das linhas po- 
dem ser obtidas pelo fo- 
ne 156 da EPTC (Empre- 
sa Píublica de Transporte 
e Circulação). © metro poa 




Caipirinha 
Caipi One 



RS 



24" 




Entre no ritmo 



» 



4 



Sarris 

CLUB 



< 



da f esta^r 




ff! 



VrikaSmimoff 

-Vjrnía, Crantany ou Giwn AppJ^ 




Energético rusie-o. 

* tafcaligHn com 

A .ilii-:U:1r 

» s 23' 94 



Powerade 




Whuky John nie Walker 
Red Lahçl 



99,88 




a> 69 

«16 14 

(SE FOR DIRIGIR NÃO BEBA) 



Schweope* Citru* 

RS 1' 49 

J unidade 

B 17- 88 



Água de toco Trop Coco 

«13* 

* crntMhcjffm 



Agua Valle Vita 

*$qn 9>h ■ Pff ■ Tff^iiiy m 
C*il7uhiiWnfe5Witil 



RS 



RS 



j IiihiIvk.If 

7,08 

3 c-tCmI jqcrn 



SÃO FROIBÊDA5 A VENDA E A ENTREGA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS A MENORES 
DE 18 (DEZCOTOI ANOS (a*. 31 , IE de estatuto da Criança e do Adolescente). 






Q£ pf-õrító tilados twsíé mpr&sú Sâõ êm Rãâiâ.Yâiiddã d! 03/D2 -d CrilEjHM 3 (&ã õ tiub? ítala 


- n ■ x ■ r% vi*. 




Aegrs Garanfinns o BsVjgj? te 1 2 urtóHJes p?f dúbe ehj conlurme indicsÚQ ao Isto ria trakrtD 
iKttÉtt neste MTçrow W erawantn ijywCTi <tj B^»we?. f^ra çfeneF mmprgg na SAMTS CU» 
tneoES^KfiPW 


av. oenono, o.ouu 




VOCÊ AINDA NiO É SÓCIO? LIGUE 0800 727 7014 OU ACESSE WWW.SAMSCLUe.COM. BR * CENTRAL DE RELACIONAMENTO CO 





metr< 



06 BRASIL 



PORTO ALEGRE, SEXTA- FE IRA, 12 DE FEVEREIRO DE 2013 

www.readmetro.com 



Anac aumentará rigor contra 
atrasos e cancelamentos 



Aviação. Companhias aéreas cumprirão índices de eficiência e podem perder rotas. Ideia é ter maior concorrência e menor preço de passagens 



As companhias aéreas passa- 
rão por um teste de eficiên- 
cia. Os atrasos de voos cons- 
tantes poderão ser punidos 
com a perda de autoriza- 
ção de pouso e decolagem - 
os chamados slots -, princi- 
palmente em aeroportos de 
maior movimento. 

A medida está prevista no 
projeto de resolução que se- 
rá divulgado hoje pela Anac 
(Agência Nacional de Aviação 
Civil) e ficará em consulta pú- 
blica pelos próximos 30 dias. 

Hoje, a perda de slots ocor- 
re apenas quando a empre- 
sa apresenta índices de can- 
celamento de 20% dos voos, 
por um período de 90 dias 
consecutivos. 

A proposta é atacar tam- 
bém os atrasos, hoje puni- 
dos somente com multas. Pa- 
ra manter o direito a um slot, 
será exigido pelo menos 75% 
de pontualidade. A distribui- 
ção das autorizações será feita 
todo o ano e não apenas quan- 
do houver desistência de voar 
para o destino. A preferência 
para explorar os espaços va- 
gos irá para companhias aé- 
reas menores, com o objetivo 
de aumentar a concorrência 
e forçar uma queda no preço 
das passagens. 



A Anac observou que 
as empresas burlam a nor- 
ma para evitar que aviões fi- 
quem vazios. Os voos com 
menor procura são cancela- 
dos para permitir o máximo 
de passageiros em rotas coin- 
cidentes. As áereas alternam 
os voos com problemas para 
evitar as punições. 

A mudança afeta princi- 
palmente TAM e Gol, que res- 
pondem por 80% do mercado. 

A prioridade de distribui- 
ção deverá ser para os aero- 
portos de Congonhas (SP), 
Brasília e Guarulhos (SP), 
além do Santos Dumont (RJ), 
saturados e com problemas 
de falta de espaço nos horá- 
rios de pico. O prazo para im- 
plantação das novas regras 
ainda não foi definido. 

A medida, porém, amplia- 
rá as condições para a aber- 
tura da aviação comercial. 
Ainda este mês, o governo dis- 
cutirá a entrada de empresas 
estrangeiras operando voos 
nacionais. Aerolíneas Argen- 
tina (Argentina), IAN (Chile), 
Taca (Peru) e Tame (Equador) 
serão convidadas. 




MARCELO 
FREITAS 

METRO BRASÍLIA 











I 


Proposta pretende aumentar número de empresas em grandes aeroportos i ricardo marques/metro brasília 



Proposta 



A Agência Nacional de 
Aviação Civil sugere mu- 
danças nas regras atuais de 
distribuição de horários de 
pousos e decolagens. 

• Slots. 

Companhias aéreas que 
não têm operação no 
aeroporto ganharão 
prioridade nas 
autorizações vagas. 
Hoje, as empresas que já 
operam nos aeroportos 
têm direito a disputar 
80% dos siots que ficam 
ociosos. 

• índices de eficiência. 

Deverá ser exigido 
das empresas aéreas 
um mínimo 75% de 
pontualidade nos 
horários dos voos. 

• Prazo. 

A redistribuição dos 
siots será feita todo o 
ano e não mais quando 
as empresas desistirem 
de manter a operação, 
como é hoje. 



OAB. Marcus Vinícius 
Coelho é o novo presidente 



Marcus Vinícius Coelho foi 
eleito ontem como novo 
presidente nacional da OAB 
(Ordem dos Advogados do 
Brasil), substituindo Ophir 
Cavalcanti. O constituciona- 
lista teve 64 dos 81 votos e 
superou Alberto de Paula Ma- 
chado, que obteve 16 votos. 
Houve um voto em branco. 

A cerimonia de posse está 
marcada para hoje. O manda- 
to é de três anos. A OAB re- 
presenta 750 mil advogados 
e mantém um orçamento 
anual de R$ 30 milhões. 

Marcus Vinícius Coelho 
chega ao cargo apesar de res- 
ponder uma ação por impro- 
bidade administrativa. Se- 
gundo o Ministério Público, o 
advogado foi contratado pela 
prefeitura de de Antônio Al- 
meida (PI), mas jamais teria 
prestado serviço, apesar de re- 
ceber honorários com dinhei- 




Novo presidente era secretário-geral 

da OAB | EUGÊNIO NOVAES/OAB 



ro público. A ação aguarda 
julgamento na Justiça Fede- 
ral do Piauí. Para concorrer, 
ele apresentou certidões para 
negar as irregularidades. 

O novo presidente da 
OAB tem 41 anos e nasceu 
na cidade de Paraibano (PI). 

@ METRO BRASÍLIA 



Laudos sobre mortes saem hoje 



A Secretaria de Saúde de 
Campinas tem a expecta- 
tiva de ter hoje pistas so- 
bre o agente causador das 
três mortes de pacientes do 
Hospital Vera Cruz que pas- 
saram por exames de res- 
sonância magnética com 
contraste no Laboratório 
de Ressonância Campinas - 
operador do serviço. 

A expectativa está em 
torno do resultado de duas 
frentes: uma, do Instituto 
Adolfo Lutz, que desde ter- 
ça-feira analisa amostras 
dos produtos utilizados du- 
rante os procedimentos no 
laboratório de ressonância; 
outra, do IML (Instituto Mé- 
dico Legal), responsável pe- 
las necrópsias nos corpos 
dos pacientes mortos. 

Segundo o secretário de 
Saúde de Campinas, Carmi- 
no de Souza, nenhuma pos- 
sibilidade pode ser descar- 



83 



exames de ressonância foram 
feitos no laboratório do Hospital 
Vera Cruz no dia em que os três 
pacientes morreram. 

tada até o momento, mas a 
intoxicação continua sendo 
a hipótese mais provável. 

Ontem, de acordo com 
o secretário, uma recons- 
tituição dos procedimen- 
tos foi comandada pela Po- 
lícia Civil no laboratório do 
Vera Cruz. Aparentemen- 
te, ainda segundo Souza, 
não foi identificada nenhu- 
ma quebra de protocolo. 
A reconstituição foi acom- 
panhada pelos técnicos do 
Devisa (Departamento de 
Vigilância Sanitária) e da 
Anvisa (Agência Nacional 




Tres pessoas morreram na ultima segunda-feira ithomaz marostegan/metro 



de Saúde). 

Também ontem, mais 
um profissional da Anvi- 
sa - especialista em equi- 
pamentos para o exame - 
foi à cidade e fez a leitura 
do chip que registra dados 
dos últimos 10 procedimen- 
tos realizados na máquina. 
Nenhum problema foi en- 
contrado em dose, quanti- 
dade, tempo e velocidade da 



infusão dos produtos, entre 
eles o contraste e o soro, fei- 
tos pela bomba automática. 

A prefeitura convocou 
para hoje, às lOh, uma en- 
trevista coletiva. Não foi 
adiantado o assunto. Hoje 
também, a Polícia Civil, já 
de posse dos laudos do IML, 
se pronuncia sobre as mor- 
tes em entrevista coletiva. 

® METRO CAMPINAS 



PORTO ALEGRE, SEXTA- FE IRA, l 9 DE FEVEREIRO DE 2013 
www.readmetro.com 



ECONOMIA 07 




UT979 

\ c&mm^^L^ — — — - - 



0 litro está custando quase R$ 3, na capital i gabrieladibella/metro 




Gasolina ja 
está mais cara 

No bolso do consumidor. A maioria dos postos da capitai já 
trabalha com reajuste. 0 litro está custando, em média, R$ 2,89 



A correção de 6,6% para o 
preço da gasolina A e de 
5,4% para o do diesel, váli- 
da desde quarta-feira, já al- 
terou os valores do combus- 
tível em diversos postos da 
capital. 

A reportagem da Rádio 
Bandeirantes circulou on- 
tem por 20 postos dos di- 
versos bairros de Porto Ale- 
gre e constatou aumento de 
cerca de R$ 0,20 no valor da 
gasolina comum, que pas- 
sou da média de R$ 2,69 pa- 
ra R$ 2,89, o litro. Mas ainda 
há alguns postos trabalhan- 
do com valores antigos, jus- 
tificados pela quantidade de 
combustível ainda presente 



nos reservatórios, com valor 
anterior. 

Gerente de um posto lo- 
calizado na Terceira Peri- 
metral, Sidney Guterres, 
onde a gasolina comum es- 
tá sendo comercializada a 
R$ 2,67, afirma que o valor 
deve ser alterado em breve, 
com a chegada de uma nova 
remessa do produto. A pos- 
sibilidade de um novo rea- 
juste no preço dos combus- 
tíveis vinha sendo cogitada 
desde outubro do ano passa- 
do, quando a presidente da 
Petrobras, Maria das Graças 
Foster, afirmou que um au- 
mento de combustíveis no 
Brasil era algo que ocorreria 



"certamente". 

O Banco Central também 
informou, por meio da ata 
da última reunião do Co- 
pom (Comité de Política Mo- 
netária), no dia 24, que es- 
perava um reajuste de 5% 
no preço da gasolina neste 
ano. O secretário de Acom- 
panhamento Económico do 
Ministério da Fazenda, An- 
tonio Henrique da Silveira, 
havia dito, em janeiro, que 
a defasagem no valor da ga- 
solina no Brasil em relação 
ao internacional é de cerca 
de 7% e que um reajuste no 
preço do combustível nes- 
te patamar seria "plausível". 

© BANDNEWS 



Doméstica terá custo 
extra de R$ 1 mil/ano 



O empregador que paga 
um salário mínimo ao tra- 
balhador doméstico terá 
um custo adicional de qua- 
se R$ 1 mil por ano se a 
PEC (Proposta de Emenda 
à Constituição) que amplia 
os direitos da categoria for 
aprovada. Os cálculos são da 
Anefac (Associação Nacio- 
nal dos Executivos de Finan- 
ças, Administração e Con- 
tabilidade) e consideram os 
gastos com obrigatorieda- 
de no pagamento do FGTS 
(Fundo de Garantia por 



Tempo de Serviço). 

Com o novo salário mí- 
nimo nacional, em R$ 678, 
e o pagamento do FGTS, 
o custo subirá 7,2%, ou 
R$ 72,56 por mês. O valor 
representa um gasto adicio- 
nal de R$ 870,72 por ano. 

No Estado de São Paulo, 
por exemplo, onde o piso 
passa para R$ 755 a partir 
de hoje, o custo extra para 
os paulistas será de R$ 80,80 
por mês, uma alta de 7%. 
Por ano, o gasto extra chega 
a R$ 969,60 por ano. 



Antonio Vicente da Gra- 
ça, colaborador da Anefac 
e responsável pelos cálcu- 
los, pondera que o custo po- 
de ser maior. Com a escas- 
sez de mão de mão obra, os 
salários pagos às domésticas 
superam hoje o piso. "Em 
São Paulo, vai de R$ 950 a 
R$ 1.200", disse. 

A PEC que amplia os di- 
reitos dos empregados do- 
mésticos já passou em dois 
turnos na Câmara dos Depu- 
tados e agora aguarda a apro- 
vação do Senado. ® metro 




o Komç&voce 
«f cetoe 



diferença! 



ATRJCULÃ, 

GRÁTIS! 

11/02 a 10/04/tt, 

Matemática . Português 
Inglês . Japonês 

Tel.: (51) 3343-2733 

www.kumon.com.br 





Educação que surpreende 



metn 



08 MUNDO 



PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 12 DE FEVEREIRO DE 2013 

www.readmetro.com 



Após ataque, Síria e 
Irã ameaçam Israel 

Oriente Médio. Damasco insiste que bombardeio atingiu centro de pesquisa e promete 
lutar por sua soberania. ONU expressa preocupação com a crescente tensão entre os países 



O Irã e a Liga Árabe saíram 
ontem em defesa da Síria, 
que acusa Israel de ter vio- 
lado seu espaço aéreo para 
bombardear um centro de 
pesquisa. Autoridades em 
Teerã e em Damasco fizeram 
ameaças aos israelenses, que 
afirmam ter interceptado 
um comboio carregado de 
armas para o grupo radical 
Hezbollah, no Líbano. 

O vice-chanceler do Irã, 
Hossein Amir-Abdollahian, 
disse que "o regime de Tel 
Aviv sofrerá sérias conse- 
quências" pelo ataque. O se- 
cretário-geral da Liga Ára- 
be, Nabil al Arabi, também 
condenou a ofensiva, "uma 
flagrante violação de terri- 
tório". A própria Síria pro- 
meteu reagir, com uma "de- 
cisão surpresa" contra Israel. 



Acusações 

O ataque ocorreu na madru- 
gada de quarta-feira, matan- 
do duas pessoas e ferindo 
cinco. A Síria afirma que o 
alvo do bombardeio foi um 
centro científico, mas fon- 
tes de inteligência dos Es- 
tados Unidos dizem que o 
objetivo era interceptar o 
comboio de armas. 

Ontem, os EUA voltaram 
a advertir a Síria sobre o en- 
vio de recursos militares ao 
Hezbollah, inimigo históri- 
co de Israel. 

A ONU disse não ser pos- 
sível verificar se a acusação 
do regime sírio tem funda- 
mento. O secretário-geral 
da entidade, Ban Ki-moon, 
expressou "séria preocupa- 
ção" e pediu respeito à so- 
berania do Estado. © metro 






ONU pede a retirada de 
colonos da Cisjordânia 



Jipe militar israelense circula perto da fronteira com o Líbano i baz ratner/reuters 



No mais dura crítica feita à 
política israelense até então, 
o Conselho de Direitos Hu- 
manos da ONU (Organização 
das Nações Unidas) pediu pa- 
ra que o país interrompa a 
expansão dos assentamen- 
tos judeus e retire os colo- 
nos da Cisjordânia ocupada. 

"Israel deve, em confor- 
midade com a Convenção 
de Genebra, cessar todas as 
atividades de assentamen- 
to, sem condições prévias", 
recomendou o relatório, 
conduzido pela juíza fran- 
cesa Christine Chanet. 

No último ano, sob o go- 
verno do conservador Benja- 



min Netanyahu, a aprovação 
para construção de assenta- 
mentos saltou 300%. 

A prática viola as leis in- 
ternacionais, que proíbem a 
transferência de população 
civil para territórios ocupa- 
dos. O Conselho de Direitos 
Humanos da ONU, no en- 
tanto, não tem poder para 
aplicar sanções a Israel. 

O governo israelense acu- 
sa a ONU de ser tendenciosa. 
"A única maneira de resolver 
as questões pendentes entre 
Israel e os palestinos é atra- 
vés de negociações diretas, 
sem condições", disse à CNN 
um porta-voz. <D metro 



Plásticas 



Nariz de Kateé 
ornais pedido 

O nariz de Kate Middle- 
ton, mulher do prínci- 
pe William da Inglater- 
ra, está no topo da lista 
dos mais pedidos pelas 
britânicas que se subme- 
tem a cirurgias plásticas. 
Conforme ranking do 
Transform Cosmetic Sur- 
gery Group (que apon- 
ta anualmente as partes 
do corpo de celebridades 
que fazem mais sucesso), 
o número de pedidos pe- 
lo nariz de Kate triplicou 
em um ano. © metro 



Represália? 



Hackers atacam 
sitedo'NYTimes' 

A filial do "The New York 
Times" na China denun- 
ciou que hackers do go- 
verno estão violando os 
e-mails de seus repórte- 
res. Segundo o jornal, os 
hackers teriam roubado 
senhas e documentos dos 
jornalistas, inclusive, de 
um que denunciou o pa- 
trimônio do premiê, Wen 
Jiabao. Pequim negou as 
acusações, e o jornal con- 
tratou uma empresa de 
segurança para avaliar a 
situação. © METRO 



Mundo árabe está mais 
opressivo do que nunca 



Dois anos após a histórica on- 
da de revoluções, as popula- 
ções árabes têm trocado uma 
forma de opressão por outra, 
denunciou a HRW (Human 
Rights Watch), uma organi- 
zação que monitora os direi- 
tos humanos em 90 países. 

"A euforia deu lugar ao 
desespero e a uma profun- 
da preocupação", resumiu 
o diretor executivo da HRW, 
Kenneth Roth. O destaque 
do relatório anual da entida- 
de são os abusos contra mi- 
norias nos países que passa- 
ram pela Primavera Árabe. 

No Egito, aponta a ONG, 
há uma Constituição "cheia 
de falhas" e o aumento da 
persguição a dissidentes. Na 
Líbia, o problema é que o go- 
verno não controla o territó- 
rio. A HRW destaca, ainda, 
que os conflitos no norte da 
Africa têm sua origem na má 
condução do pós-revolução. 

As violações, no entanto, 
não estão restritas ao lado 
de lá do oceano. A organiza- 
ção denunciou desrespeito 
em todos os países, inclu- 
sive no Brasil. Por aqui, as 
prisões lotadas e os grupos 
de extermínio foram dura- 
mente criticados (veja mais 
ao lado). ® metro com agências 



DE OLHO NAS AMÉRICAS 

Veja a avaliação de alguns países do continente: 



► ESTADOS UNIDOS 

0 presidente Barack Obama foi 
criticado por não investigar 
casos de tortura durante a 
gestão de George W. Bush. 
Outro problema é a manutenção 
da prisão de Guantánamo 

►cuba 

É apontado como o único pais das Américas 
onde não é permitido "nenhum tipo de 
dissidência política", com a prática de 
prisões arbitrárias 




►VENEZUELA 

A ONG critica o acúmulo de poder nas mãos do 
Executivo. Hugo Chávez abusa "em uma grande 
variedade de casos que afetaram o Judiciário, os 
meios de comunicação" 

► COLÔMBIA 

0 relatório elogia as negociações de paz do 
governo com as Fare, mas alerta para o risco de 
abusos militares e para a necessidade de 
desmobilização dos guerrilheiros 

►equador 

0 governo de Rafael Correa "minou a liberdade 
de imprensa", com perseguições contra 
jornalistas. 0 dono de um dos veículos foi 
condenado a pagar multa milionária após falar 
mal do presidente 




► BRASIL - 

0 relatório elogia a 
criação da Comissão 
da Verdade, mas 
aponta a falha na 
punição dos grupos 
policiais de 
extermínio, que 
atuam principal- 
mente no Rio de 
Janeiro e em 
São Paulo 




Super Bowl. Anunciantes 
tentam emplacar o 4 virar 



Para os anunciantes nos Esta- 
dos Unidos, não há maior dia 
que o do Super Bowl, a final 
do campeonato de futebol 
americano, no próximo do- 
mingo. No intervalo da parti- 
da, cuja audiência ultrapassa 
111 milhões de pessoas, são 
veiculados anúncios milioná- 
rios, que costumavam ficar 
guardados a sete chaves pe- 
los empresários. 

Este ano, porém, a estraté- 
gia é outra. Os marqueteiros 
têm construído campanhas 
em torno de um conceito de 
anúncio, que começa a ser re- 
velado dias ou semanas antes 
do Super Bowl. Pelas redes 
sociais, lançam versões de 
seus vídeos e/ou interagem 
com o público. 



"O pré-lançamento de co- 
merciais nas mídias sociais é 
agora a norma", diz Shawn 
Busteed, vice-presidente da 
agência TBA Global. O salga- 
dinho Doritos, por exemplo, 
convocou seus consumido- 
res a produzirem uma pro- 
paganda caseira. A melhor 
será exibida no Super Bowl. 

Mas a tática pode gerar dor 
de cabeça ou sair pela culatra. 
A Coca-Cola, que criou um 
teaser no qual árabes, cau- 
bóis, motoqueiros e dançari- 
nas disputam um oásis da be- 
bida, convocou os internautas 
a votarem em quem deve ser 
o vencedor. A comunidade 
árabe dos EUA não gostou da 
propaganda, argumentanto 
que é racista. © metro 





> 




TRIO SHAKE DE CHOCOLATE 

Unidade com ZOOml 

• Zero gordura 

• Apenas 79 calorias 

• + Vitaminas 





«£ zero 



" V t £■■ ^ 




jjiocoicrís ■ 
Sha^ e 200 mil 



m nio pronto pti ia o Cõ ntuffwl 
wbw c hoctUorò. j 




r > ^ ; * ^ > > fys. >. v > ^ v,v v>- v> v?v v? 



CEREAIS EM BARRA 

Pacote com 03 barras de 20g cada 

• Até 48% menos gordura 

• Fonle de vitaminas C e E 



Mini Delicias Trio 
* Sabores 


"4$ 




"4& 8 

Cam 



L, 1 



Barras Dereal Trio i 
ns A 

cada 




ftudèdt para os HljxtiwfCádw BlG faria táeçre f Grande Pwto Wkjh, d* O* a rjfl/OWMiX Hrçyanld *jfarem « 
cdOquH, &n rtsoíiEí «5 nort»tJí*íru?K íha vwdçawpgr aldttda fotos mOTmcntE tfuslHtfr». 



DA CONCORRÊNCIA NA HORA, NO CAIXA. 



TRAÇA 0 ANÚNCIO 
DA CONCORRÊNCIA. 



Seu medicamento na hora certa. 



Perto Ah- yx í ■ «■ Grande K>A < 5 1 ) 

2126.2126 

Vale <to* Slws: 

3584.8585 




10 



CULTURA 



PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 12 DE FEVEREIRO DE 2013 

www.readmetro.com 



Jennifer Lawrence. Atriz de apenas 22 anos vira 
sensação após arrebatar os principais prémios da 
temporada de cinema por seu papel na comédia 
romântica '0 Lado Bom da Vida", que estreia hoje 





CULTURA 




Cinema 



usica 

O Santander Cultural co- 
meça hoje um novo pro- 
grama, com produções 
gaúchas sobre chorinho. 
Estão de volta os docu- 
mentários em longa-me- 
tragem "O Liberdade" (fo- 
to) e "Espia Só" e o curta 
"Fez a Barba e o Choro". 



Quem é essa garota? 



Jennifer Lawrence é uma das 
atrizes mais premiadas de sua 
geração. Só este ano, ela le- 
vou para casa o Critics Choi- 
ce, o Screen Actor's Guild e o 
Globo de Ouro - só para citar 
os mais importantes. Isso sem 
falar de sua indicação ao Os- 
car de melhor atriz, que dis- 
puta com favoritismo. 

E sabem a idade dela? 22 
anos. A loirinha, que ainda 
mora com os pais, despon- 
tou como promessa no denso 
"Inverno da Alma" (2010), pe- 
lo qual também foi indicada 
ao Oscar. A comédia "O Lado 
Bom da Vida", que estreia ho- 
je nos cinemas, só vem confir- 
mar seu talento. 

O filme dá margem para 
que a atriz mostre ótima de- 
senvoltura não só no drama, 
mas também no humor. Já 
surgem, inclusive, compara- 
ções entre ela e a jovem Meryl 
Streep, uma de suas inspira- 
ções no cinema. 

Nesta conversa envolven- 
te, ela mostra que é um dos- 
raros famosos de Hollywood 
que ainda fala sobre qual- 



Resenha 



Atuações 
são trunfo 
defilme 



"O Lado Bom da Vida" foi fei- 
to para fazer o espectador 
sair do cinema com um sor- 
riso. A dobradinha de atua- 



quer coisa. Seguem algumas 
"pérolas de sabedoria" da no- 
va grande estrela. 

Adaptação ao estrelato: 

"Quando ele chega, sua vi- 
da inteira vira de cabeça para 
baixo e o mundo começa a 
te tratar de forma diferen- 
te, é difícil se ajustar. Mas 
daí você supera. As pes- 
soas me disseram que as 
coisas viriam como em 
ondas, e estavam certas." 

Aprendizado com 



ções de Bradley Cooper e Jen- 
nifer Lawrence tem química 
de sobra para contaminar to- 
da a comédia dirigida por Da- 
vid O. Russell (de "O Vence- 
dor", 2010). Cooper intepreta 
um professor obrigado a pas- 
sar por tratamento psiquiá- 
trico após um ataque de fú- 
ria contra o amante de sua 
mulher. Enquanto faz de tu- 
do para voltar para a mu- 
lher traidora, ele conhece a 
jovem (e também explosiva) 



Bradley Cooper, seu colega 
de cena: 

"Foi ele quem me disse pa- 
ra não ir mais à Whole Foods 
[rede americana de supermer- 
cados de comida natural]. Eu 
testei e ele estava comple- 
tamente certo. Os pa- 
parazzi estão em to- 
dos, é insano! Tive 
que dizer adeus 
às lojas. Agora, 
meus vão à fei- 
ra pra mim. Não 
quero mais que 
a Whole Foods 



viúva vivida por Lawrence. 
Os dois entram em sintona 
desde o começo, mas só co- 
meçam a se entender quan- 
do passam a trocar favores. O 
final é previsível, mas quem 
se importa? Conduzido com 
leveza, o longa faz o públi- 
co passear por uma história 
bem amarrada e com parti- 
cipações "neuróticas" afina- 
díssimas de Chris Rock e Ro- 
bert De Niro, na pele de pai 
de Cooper. © metro 



chame a polícia por minha 
causa." 

Sobre a tentativa de 
ganhar peso para o filme: 

"Eu deveria ter feito isso, 
mas acontece que estava 
dançando duas horas por dia 
nos ensaios. Tentei explicar 
isso o tempo inteiro para o 
[diretor] David [O. Russell], 
porque ele brigava comigo 
por eu não estar engordan- 
do. E olha que eu comia um 
bifão com queijo todos os 
dias! 




Inverno da Alma 1 
(2010) 

Personagem. Ree 
Género. Drama 

Tipo. Adolescente 
vira chefe de família 
e mergulha no 
submundo em busca 
do pai para não 
afundar de vez. ® metro 



'Jogos Vorazes' 
(2012) 



Personagem. 

Katniss Everdeen 
Género. Aventura 

Tipo. O futuro da cidade 
depende dela, que se vê forçada a 
participar de um reality show mortal 
para salvar a irmã e conquistar comida 
para todos. ® metro 




Unifuneral 

comunicados fúnebres gratuitos 




Apego à família: 

"Ainda quero ter a mesma vi- 
da de antes. Ainda quero uma 
família normal, mas claro que 
terei que fazer alguns ajustes 
por causa da minha carreira. 
Estou em paz comigo mesma 
porque não vou ter mais que 
lidar com anos seguidos de re- 
jeição, já que decolei numa 
idade precoce. Não consigo 
imaginar deixar um filhinho 
meu passar por isso. Houve 
momentos de filmagens que 
eram extremamente difíceis 
em termos emocionais, daí eu 
ficava rezando para que meus 
futuros filhos não quisessem 
ser atores. 

Testamento: 

"Supostamente tenho que fa- 
zer isso, meus agentes aconse- 
lham. É algo realmente mór- 
bido, mas estou trabalhando 
nisso. Não assinei ainda por- 
que acho que assim que esti- 
ver tudo pronto, vou morrer." 

NED 
EHRBAR 

METRO INTERNACIONAL 



%Men: Primeira Classe' 
(2011) 

Personagem. Raven/Mística 
Género. Ação 

Tipo. Jovem mutante com poder 
de se camuflar em outras pessoas 
se vê em dúvidas entre seguir o 
bem ou o mal. © metro 



'0 Lado Bom da 
Vida' (2012) 

Personagem. Tiffany 

Género. Comédia 

Tipo. Neurótica e bem- 
humorada, ela tenta 
esquecer os problemas 
dançando (mesmo sem 
lá muito jeito pra coisa). 

© METRO 



r 1 

( om o Unifunml você (omunKú o fateàmettift 

Ia GEfftndnta rdfaim ou pnsio ume to rawyro 
pOTQ qutm ftéo ftfrf tfró nqvL 
w w w.u n if u ne ra I .com .br 




INDICAÇÕES AO OSCAR*— MELHOR FILME 



MELHOR ATOR • MELHOR ATRIZ COADJUVANTE • MELHOR CANÇÃO ORIGINAL 



LUTE SONHE ESPERE AME 





12 CULTURA 




PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 12 DE FEVEREIRO DE 2013 

www.readmetro.com 



Hathaway 
se transforma 

Estreia. A bela fica feia e solta a voz no papel da prostituta Fantine 
em 'Os Miseráveis'. Ela é favorita ao Oscar de atríz coadjuvante 



Qualquer um que veja a 
adaptação cinematográfi- 
ca de Tom Hooper para o 
musical "Os Miseráveis", 
que estreia hoje, vai apos- 
tar que Anne Hathaway já 
é dona do Oscar de melhor 
atriz coadjuvante. Depois 
de conquistar o Globo de 
Ouro por sua interpretação 
de Fantine - a jovem operá- 
ria forçada a cair na pros- 
tituição para sustentar a fi- 
lha na Paris pós-revolução 
-, a atriz vem arrebatando 
todas as premiações da ca- 
tegoria na temporada. 

O reconhecimento é 
merecido. Aos 30 anos, Ha- 
thaway passou meses se 
dedicando ao papel, em 
que canta e chora ao mes- 
mo tempo. O diferencial 
da produção de Hooper foi 
gravar todas as performan- 



ces musicais dos atores ao 
vivo direto no set, sem o 
recurso de dublagem em 
estúdio, algo bem compli- 
cado quando se tem que 
manter o tom afinado e so- 
luçar ao mesmo tempo. 

O currículo da atriz in- 
clui musicais nos tempos 
do colégio - ela chegou a 
se apresentar no Carne- 
gie Hall -, mas sua atua- 
ção mais memorável foi 
em um dueto com Hugh 
Jackman na apresentação 
do Oscar de 2009. A parce- 
ria dos dois se repete agora 
em "Os Miseráveis" e Jack- 
man está entre os indica- 
dos a melhor ator. 

O que fez Hathaway to- 
par a personagem foi pen- 
sar na escravidão e na mi- 
séria da época. "Eu não 
tinha como relacionar algo 



da minha vida com aquilo 
pelo qual Fantine passava. 
Sou bem-sucedida e feliz", 
diz ela. A cada dia, a atriz 
imaginava que estava hon- 
rando a dor de quem vivia 
naquele mundo. 

Hathaway também to- 
pou ter sua farta cabeleira 
arrancada com uma lâmi- 
na, na cena em que Fanti- 
ne vende as madeixas por 
dinheiro. "Pensei que se- 
ria uma experiência dolo- 
rosa ter o próprio cabelo 
cortado. Logo em seguida, 
ela tem um dente arranca- 
do. Como atriz, foi muito 
bom me comunicar com o 
público com uma transfor- 
mação física." 



PATALAN0 

METRO INTERNACIONAL 






8IMDICAÇÕES 
OSCAR 

MELHOR FILME 

MELHOR ATOR MELHOR ATRIZ MELHOR DIRETOR 

JENNIFER LAWRENCE 

VENCEDORA - MELHOR ATRIZ - GLOBO DE OURO 2013 



JENNIFER BRADLEY ROBERT JACKI CHRIS 
LAWRENCE COOPER DE NIRO WEAVER TUCKER 

"UMA COMÉDIA ROMÂNTICA PARA A ERA MODERNA, 
ALGO QUE NINGUÉM VÊ HÁ MUITO TEMPO" 

LOS ANGELES IIMES 

0 LADO BOM Oh VIDA 

dirigido por DAVID O. RUSSELL 




O face boo k.com/O I adobo m d a vida Ofi I me 



The Weinstein Cqmpany 



3WEN w.lww bbuM WfiHSTfiH CQyWWt PARI! F 




EM EXIBIÇÃO NOS CINEMAS 



PORTO ALEGRE, SESXTA-FEIRA, 12 DE FEVEREIRO DE 2013 
www.readmetro.com 



CULTURA 13 



Girassol 
na praia 

Circo. Torres recebe espetáculo que 
mistura teatro, música e malabarismos 



O Circo Girassol vai à praia 
neste final de semana, para 
mostrar ao respeitável pú- 
blico um "compacto" dos 
seus melhores momentos. 
A apresentação será nes- 
te sábado, a partir das 22h, 
na praça central de Torres e 
tem entrada franca. 

"Misto Quente" é uma se- 
leção dos melhores momen- 
tos dos espetáculos do re- 
pertório da trupe gaúcha, 
incluindo "Pão & Circo", 
"Cyrano nas Nuvens", "Ca- 
baré", "Circo Eletrônico" e 
"O Mundo da Lua". A apre- 
sentação foi criada especial- 
mente para as ruas e des- 
taca os números aéreos, de 
solo e de palhaço, que são a 
marca registrada do Giras- 
sol. A direção do espetácu- 
lo é de Dilmar Messias, que 
também divide a cena com 
os 14 atores-palhaços. 




Circo aposta em musica e cores 



Outro destaque é a trilha 
musical, apresentada ao vi- 
vo, pelo próprio elenco. As 
composições levam a assi- 
natura de Hique Gomes, Ni- 
co Nicolaiewsky e Yanto Lai- 

tano. © METRO POA 



O Metro indica 



I 



'Show 



T Cale-se: as Músicas Censuradas 
pela Censura Militar. O cantor Douglas 
Carvalho mostra músicas que foram 
proibidas parcial ou integralmente pela 
Divisão de Censura de Diversões Públicas 
na época do governo militar no Brasil. O 
repertório traz Chico Buarque, Gilberto 
Gil e até Tom Jobim. Na Sala Álvaro 
Moreyra (av. Erico Veríssimo, 307 - tel.: 
3289-8066). De hoje a domingo, às 2ih. 
Ingressos a R$ 25. 

f Comédia 
Homens de Perto. Os atores Zé 
Victor Castiel, Oscar Si mch e Rogério 
Beretta voltam à cena com seu primeiro 
espetáculo, que mistura esquetes 
bem-humoradas sobre o 
comportamento masculino e as relações 
com as mulheres. A direção é de Néstor 
Monastério e o texto de Artur José 
Pinto. No Teatro da Amrigs (a. Ipiranga, 
5311 - tel.: 30142101). De hoje a 
domingo, às 2ih. R$ 25. 



f Comédia 2 
Manual Prático da Mulher 
Moderna. Três especialistas em 
"modernidade feminina" tecem teorias 
bem-humoradas sobre a capacidade da 
mulher em assumir vários papéis, de 
mãs zelosa a amante ousada. O único 
homem da cena serve de cobaia para 
algumas experiências. Direção de Patsy 
Cecatto. No Teatro Bruno Kiefer da 
CCMQ (r. dos Andradas, 736 - tel.: 
3221-7147)- De hoje a domingo, às 2ih. 
Ingressos a R$ 25. 




f Drama 
Entre Nós. Dois jovens atores 
(Bruno Abiz e Samuel Reginato) estão 
em processo de criação de seus 
personagens, que vão viver um romance 
em cena. Eles vivem várias situações 
engraçadas e conflitante e pedem a 
ajuda do público para decidir o final. A 
direção é de Paulo Guerra. No Teatro 
Carlos Carvalho da CCMQ (r. dos 
Andradas, 726 - tel.: 3221-7147). De hoje 
a domingo, às 2ih. R$ 25. 




9 Teatro 
Quinto Andar, por Favor! Ana e 

Mauro ficam presos no elevador da loja 
onde trabalham justamente no dia de 
uma grande liquidação. Eles não têm 
nada em comum, mas a situação 
inusitada vai fazer com que as diferenças 
diminuam. Com os atores Lu Adams e 
Heitor Schmidt e direção de Nestor 
Monastério. No Teatro de Câmara (r. da 
República, 575 - tel.: 3289-8093). De 
hoje a domingo, às 2ih. R$ 25. 

Carnaval 

Desfiles da Cidade Baixa. Os 

desfiles dos blocos Maria do Bairro, 
Bloco da Laje e Galo do Porto, marcados 
para este final de semana nas ruas da 
Cidade Baixa, estão cancelados em 
respeito a memória das vitimas de Santa 
Maria. Novas datas serão divulgadas 
no www.facebook.com/ 
CidadeBaixaemAlta. 




LINDAS FOTOS. VÍDEOS INCRÍVEIS. 
CAPTURE COM CONFIANÇA, 

Lente NIKKOR 18~55mm * Modo Guia - Instruções na própria tela 
14,2 Megapixels •Formato DX 

Vídeos em Full HD «2 anos de garantia" 



metm 



14 



VARIEDADES 



PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, I a DE FEVEREIRO DE 2013 

www.readmetro.com 




Receita Minuto 



DANIEL 
BORK 

BORKtà) METROJORNAL.COM.BR 



EMPADÃO DA VOVO 

Para deixar o seu lanche da tarde ainda mais saboroso, 
aprenda a preparar um tradicional empadão de frango, 
que leva em seu recheio páprica, vinho branco seco e pal- 
mito. O prato promete fazer sucesso entre os mais cresci- 
dinhos e a criançada! 



RODOLFO BARTOLINI 




Massa: 

► 4 xícaras (chá) de farinha de trigo 

► 1 colher (café) de sal 

► 1 colher (sopa) de fermento quí- 
mico em pó 

► 1 lata de creme de leite com so- 
ro e gelado 

► 200 g de manteiga gelada e em 
cubos 

Recheio: 

► 1 cenoura 

► 1 salsão 

► 1 folha de louro 

► 1 litro de água 

► 2 cravos 

► 5 grãos de pimenta-do-reino 

► 2 peitos de frango com osso 



Refogado do recheio: 

► 3 colheres (sopa) de azeite 

► 1 cebola picadinha 

► 3 tomates sem sementes 
picadinhos 

► 1 copo de vinho branco seco 

► 1 colher (sopa) de farinha de 
trigo 

► 1 colher (café) de páprica 

► 2 peitos de frango desfiados 

► 1 vidro de palmito picado 

► Sal e molho de pimenta a gosto 

Cobertura: 

► 1 ovo para pincelar 

► 3 colheres (sopa) de água 



Modo de preparo 

Para o recheio: Cozinhe o peito com os legumes até ficar ma- 
cios, desfie e em uma panela faça o refogado; para isso refogue a ce- 
bola no azeite coloque o restante dos ingredientes do refogado, mis- 
ture e reserve para esfriar. 

Para a massa: Coloque em uma vasilha a farinha, o sal, a mantei- 
ga e esfarele com as mãos até formar uma farofinha. Então coloque o 
creme de leite, misture novamente com as mãos até formar uma mas- 
sa homogénea. Depois divida esta massa em 3 partes iguais, a pri- 
meira parte abra na bancada em cima de farinha e coloque no fundo 
de uma assadeira redonda, aperte com as mãos para cobrir as laterais 
também. Faça furos com um garfo e leve ao forno moderado (16o 9 ) 
por 30 minutos. Tire do forno, distribua o recheio, cubra com a segun- 
da parte da massa aberta também. Pincele o ovo batido com a água, 
com a terceira massa faça tiras e distribua de maneira harmoniosa. 
Pincele o ovo com água novamente e leve ao forno quente (18o 9 ) por 
aproximadamente 30 minutos ou até que fique dourado. 



Os invasores 




Cruzadas 



www.coquiitl.-com.bT 



O Revi*!» CQQUíira. 



B ANCO iiJ!3fP|^ aJH^t — çie/e tiú^ 



Sudoku 



Pm solucionar o jogo, basta preencher tom números de 
1 a 9 as linhas verticais e horizflnlaãs sem repeti-los. 



5 






4 




2 


8 




1 




















6 




1 


9 






7 






3 












4 




6 








2 




7 








2 




9 












3 






5 






3 


9 




7 




















4 




7 


6 




8 






2 



Olvida 

TQU- 

pai das 
GalpUat 

Ír*" 


^5 íliniiítílçÊO 
T Okc*al dn lufn nm 
honra; nidrigrsis 
Altudar; ameaçar 


, 


Iul 
■ ! i ■: ■ . 


ara \ 

MúvuIú: 
púr arYiúr 


T 
















Venda dn 

lriila± í 


± 








| S . F -íbuÍui 


> 










Verdade!- 
rc; real 
MebO 

Isim^lnJ 










Partida h 
1; ímtia 
t§m[HS 
Púr em 

QCtirrêfpfcía 
com 
tfilimi± 












musita 








01" ro. 
marcrj d* 
^frjunda 
Guerra 




Irtrti 1 


r 




















Sa 

nn^gnr: 
1 Jiíian . :■ 






0 içnliíg 
da leitura 
f 111 Lu le 




Ehítf 
Preslesf. * 
cantor 
Nfiliíta 




cabaça 
uMãngulaT 

E 






+ 




T 


Hw* l? r . 
cjleauriú 


















ftifTlBirn 

ItUf 
malerno 




, p ■iiii,-" - I 






Artur da 

Tnola, 
jurnalnCa 


b- 




> 




• 













rjire-ta£ 



0 




1 


S 








3 


1 


V 




0 


1 




: 




V 


D 


tf 


U 


tf 






r 


a 




Vi 


! 


1 


* 


1 




d 


3 




1 




a 


n 




3 


1 


N 


3 






: 


y 


(I 






U 




n 


1 




s 




:j 




w 




b 




0 


ti 


3 


71 




l 


n 




N 


D 




1 


1 


N 


tf 




1? 


□ 


?l 




1 




r 


rj 



















o u ria hi 



z 


s 


■i 


ir 


6 




i 


L 


t 


e 


1 


'J 




Ç 






f 




/ 


I- 


r. 




<" 


1 






fl 


5 




L 




r 


K 


r, 


£ 


.: 


IÃ 


f 


í 






E 


9 


f 


I 


f? 


r 


V 






& 


fl 


i 


l 


f 


Ê 




s 


9 


6 




Z 




s 


■& 


r 


1 




i 


1- 


e 


t 


L 


<J 


ã 


r 


j: 


r 


f 


r. 


4 



CO QUE TE L 
AGORA NO SEU 
SMARTPHONE 
E TAfltET 































1 n 






J 



Acesse e baixe agcirsL 




Leitor fala 



Ç) 



Esclaredmento 

Em 24 de janeiro, o jornal Metro publi- 
cou uma matéria com o título de "To- 
dos contra o #instafood", referindo-se 
ao fato de alguns restaurantes de No- 
va York proibirem o uso de flash para 
fotografar comidas em seus estabeleci- 
mentos, alegando que atrapalham os 
demais clientes. No entanto, a #insta- 
food é uma marca registrada pelo Des- 
temperados e Marketing na Cozinha, 
sendo um projeto de conteúdo colabo- 
rativo em que pessoas participam de 
missões gastronómicas via Instagram. 
A plataforma já registrou o taggeamen- 
to de mais de 5 milhões de fotos no pe- 
ríodo de 18 meses. O Destemperados 
posiciona-se contrário ao uso de flash 
nos restaurantes e adota a prática de 
não usar esta tecnologia a fim de não 
incomodar demais clientes do lugar. No 
entanto, os registros feitos sem flash 
são válidos e úteis inclusive para divul- 
gar o trabalho dos restaurantes. 

PEDRO ALFONSIN, ADVOGADO - PORTO ALEGRE, RS 



Metro Pergunta 



9 



O que você achou da Siga o Metro 
declaraçãodoministro @jor n n ° a T ^ 
de que a alta da gasolina 
não atrapalha ninguém? 



@manguaca82 

No dos outros é refresco! 

(amarlonlochs 

Ridícula. Não atrapalha ele que 
deve ganhar vale-combustível como 
ministro. 

(afabisaldanha 

Melhor se tivesse ficado de boca 
fechada. 

(aAndyDomingues 

Acho que ele não está capacitado para 
o cargo, essa declaração é absurda, em 
que mundo ele vive? 

(amariofedatto 

Não atrapalha ninguém que ele convi- 
ve, todos usando dinheiro puúblico pra 
encher o tanque. Assim é fácil! 




Para falar com a redação: 
leitor.poa@metrojornal.com.br 



Participe também no Facebook: 
www.facebook.com/metrojornal 



Mestrdo Está escrito nas estrelas 

1 guta 



www.estrelaguia.com.br 



T 

n 



ÃríeS (21/3 a 20/4) Eventos sociais e atividades em grupo em 
alta, dia de estar com mais pessoas e colocar os objetivos do gru- 
po acima dos seus. Tudo para ficar mais enturmado. 

TOUrO (21/4 a 20/5) Momento de imersão no emocional co- 
letivo, de entender melhor as pessoas e se relacionar com muito 
mais facilidade. Bom para festas e também para namorar. 

GêmeOS (21/5 a 20/6) Dualidade entre estar mais próximo 
das pessoas ou realizar os seus objetivos individuais. Alguns sa- 
crifícios pessoais podem ser necessários para tudo ficar bem. 

Câncer (21/6 a 22/7) Alto astral. Muito mais motivos para co- 
memorar do que os pequenos obstáculos do dia. Possíveis ga- 
nhos e vantagens para reanimar a sua vontade de vencer. 



m 



Leão (23/7 a 22/8) Festas e eventos públicos podem servir 
para lhe deixar muito mais à vontade com as pessoas. Boas possi- 
bilidades de projeção pública, basta você se soltar. 

Virgem (23/8 a 22/9) Às vezes é preciso perder algo para 
poder perceber que há outros valores na vida e também outras 
oportunidades. Dia de mudanças mesmo contra a sua vontade. 

Libra (23/9 a 22/10) Muitos contatos e brilho pessoal. Dia de 
liderar as pessoas com muita motivação e entusiasmo. Aproveite 
para se fazer mais presente e mandar o seu recado. 

Escorpião (23/10 a 21/11) Baladas, brincadeiras e um pouco 
de lazer podem ajudar a diminuir a sua ansiedade. Aproveite a pre- 
sença dos amigos para ficar mais enturmado e se divertir. 



Sagitário (22/ll a 21/12) Sociabilidade demais pode acabar 
trazendo um pouco de exaustão e confusão. Tente se focar um 
pouco em suas atividades para não se perder com tantas opções. 

Capricórnio (22/12 a 20/1) Amigos e eventos agradáveis es- 
tão aí para você relaxar e esvaziar a sua mente das preocupações 
do dia a dia. Aproveite atividades em grupo para se distrair. 



a a a AquariO (21/1 a 19/2) Atue em equipe. Nada de querer reali- 
y\f\P zar coisas sozinho. Dia favorável para se divertir com os amigos e 
deixar os problemas para pensar com mais calma depois. 



X 



Peixes (20/2 a 20/3) Hoje as pessoas estão mais superficiais e 
está na hora de você desacelerar um pouco e curtir as coisas com 
menos comprometimento. Não se exponha demais. 



PORTO ALEGRE, SEXTA- FE IRA, l 9 DE FEVEREIRO DE 2013 
www.readmetro.com 



ESPORTE 15 



Enfim, de volta 
à elite do ténis 

Copa Davis. Após nove anos disputando as divisões inferiores, Brasil está de volta ao 
Grupo Mundial. Time brasileiro enfrenta hoje os Estados Unidos na primeira rodada 



Demoraram nove anos pa- 
ra que o dia de hoje chegas- 
se para o ténis brasileiro. Em 
Jacksonville, nos Estados Uni- 
dos, o Brasil enfrenta a equi- 
pe americana pela primeira 
rodada do Grupo Mundia da 
Copa Davis. 

Se o sorteio não foi dos 
mais generosos com o time 
do capitão João Zwetsch, os 
americanos não possuem 
mais uma equipe tão forte 
com os jogadores de simples 
capazes de habitar o topo do 
ranking mundial. 

A equipe brasileira será en- 
cabeçada por Thomaz Belluc- 
ci, número 36 do ranking, e 
Thiago Alves, número 141. 
Além da dupla formada por 
Marcelo Melo e Bruno Soares. 

Os americanos terão o gi- 
gante John Isner, número 16 
do mundo, e Sam Querrey, 
número 20, além de uma das 
maiores duplas de todos os 
tempos formada pelos irmãos 
Bryan. 

"É a primeira vez que este 
grupo joga o Grupo Mundial 
e ter a oportunidade de jogar 
contra os Bryans é uma coisa 



que pode ser muito marcante 
para a gente", disse o duplista 
Bruno Soares. 

Os jogos de hoje, disputa- 
do em quadra rápida, terão 
Bellucci enfrentando Quer- 
rey, enquanto Thiago Alves 
enfrenta Isner. 

Nos embates entre os dois 
países na história da Davis, os 
Estados Unidos levam a me- 
lhor com três vitórias contra 
uma dos brasileiros. O único 
triunfo de Brasil ocorreu em 
1996, em confronto realiza- 
do, em Porto Alegre. 

® METRO POA 



Brasil x EUA na Davis 



3 

VITÓRIAS 
AMERICANAS 



1 

VITÓRIA 
BRASILEIRA 





# LYVRO$+LI VRO$<r LI VRO$+LYVRO$# 



LIVROS RAROS? 
LIVROS JURÍDICOS E COLEÇÕES ESGOTADAS? 
FAÇA SEU PEDIDO AGORA PARA : 

sJXsanskryyttus@hotmai l.com^S 

LIGUE AGORA PARA: 

R: 51 3022-8989 | 9242-3387 
+ DE 85 ANOS DE TRADIÇÃO & QUALIDADE ! ! 



1 $ SANSKRYYTTU5 3 


r.i 
* 


I SANSKRYYTTUS $ 











Bellucci tem missão difícil na Davis i fabio setimio/fotoarena 




Roupa nova 

Neymar foi o modelo da 
nova camisa da Seleção 
Brasileira, divulgada 
ontem no Rio de Janeiro, 
que será utilizada na 
Copa das Confederações. 

0 modelo lembra 
bastante o usado pelo 
time canarinho na Copa 
do Mundo de 1990, 
disputada na Itália 

1 CELSO PUPO/FOTOARENA 



Razia será o 31° brasileiro na Fórmula 1 




Quando as luzes vermelhas 
se apagarem na madrugada 
de 17 de março para o Gran- 
de Premio da Austrália, Luiz 
Razia se tornará o 31° primei- 
ro piloto brasileiro a disputar 
uma corrida de Fórmula 1. O 
baiano, de 23 anos, foi anun- 
ciado ontem como piloto da 
Marussia. Ele terá como com- 
panheiro o inglês Max Chil- 
ton, formando a única dupla 
de estreantes no grid desta 
temporada. 

Razia tem como creden- 
ciais o vice-campeonato da 
GP2, categoria de acesso à 
Fl, em 2012, além de ter sido 
campeão Sul-Americano na 
F-3000 em 2006. 

Com as confirmações de 



Razia e Chilton para este ano, 
restam dois lugares no grid. O 
assento mais cobiçado é o da 
Force índia. A outra vaga é no 
cockpit da Caterham. Um dos 
postulantes a estes lugares é 
Bruno Senna. O brasileiro não 
renovou seu contrato com a 
Williams e, por enquanto, es- 
tá sem equipe para correr. 

Além de Razia, Felipe Mas- 
sa, da Ferrari, é o outro brasi- 
leiro confirmado na Fórmula 
1 para 2013. © metro poa 



101 



vitórias conquistaram pilotos 
brasileiros na Fórmula 1 



1 F-12003 1 


Somente duas vagas abertas 
na Fórmula 1. Confira os pilo- 
tos confirmados para 2013. 


• 


Sauber 

Hulkenberg e Gutiérrez 


• 


Toro Rosso 

Vergne e Ricciardo 


• Red Buli 

Vettel e Weber 




• 


Lotus 

Raikkonen e Grosjean 


• Ferrari 

Alonso e Massa 




• 


Caterham 

Pie 


• McLaren 
Button e Perez 




• 


Marussia 
Razia e Chilton 


• Mercedes 

Hamilton e Rosberg 




• 


Williams 

Pastor Madonado e 
Valtteri Bottas 


• Force índia 

di Resta 





Èfeckham 
noPSG 



Aos 37 anos, o meia Da- 
vid Beckham assinou 
contrato, ontem, com o 
PSG, da França. Ele joga- 
rá de graça no clube fran- 
cês. "Não vou receber sa- 
lários. Meu salário será 
doado para instituição 
de caridade. Essa é uma 
das coisas que nos ani- 
ma e nos orgulha", afir- 
mou o jogador na sua 
apresentação. 




ReaJií*çAo: 



<É> 



Apoio: 



TRÂNSITO 

LEGAL 



GRUPO BANDEIRANTE DE COMUNICAÇÃO 



metn 



16 ESPORTE 



PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 12 DE FEVEREIRO DE 2013 

www.readmetro.com 



Avalanche derretida 



Gauchão-2013 




4- rodada 





Arena. Grémio interdita local atrás de uma 
das goleiras do estádio. Bombeiros querem 
impedir este tipo de comemoração 



O gol de Elano na vitória so- 
bre a LDU marcou a última 
avalanche da Arena. Os ór- 
gãos de segurança pública 
querem que sejam colocadas 
cadeiras naquela área do está- 
dio. O Grémio interditou o lo- 
cal ontem, até que se chegue 
a uma solução. 

A Secretaria da Segurança 
Pública determinou que se- 
jam colocadas cadeiras atrás 
do gol à esquerda das cabi- 
nes de televisão. Dessa ma- 
neira, esse tipo de comemo- 
ração não seria mais possível. 
"Vamos conversar com a dire- 
ção do Grémio e ver uma fo- 
ma de inutilizar ou estabele- 
cer limitação desse setor com 
cadeiras. Se não ocorrer a mu- 
dança, vamos interditar o es- 
tádio", afirmou o secretário 
Airton Michels. 

Durante a comemoração 
do gol, a proteção que sepa- 



8 



pessoas ficaram feridas durante 
a comemoração do gol do 
Grémio no jogo de quarta-feira. 



ra a arquibancada do fosso ce- 
deu e diversas pessoas caíram. 
Ao todo oito ficaram feridas, 
nenhuma com gravidade. Se- 
rá realizada uma investiga- 
ção para saber o que ocorreu 
de errado. No dia 6, a direção 
gremista se reunirá com os 
órgãos de segurança em bus- 
ca de uma solução. A intenção 
do clube é manter essa região 
do estádio como a mais aces- 
sível financeiramente ao tor- 
cedor. A colocação de cadeiras 
seria utilizada somente como 
último recurso. © metro poa 




Proteção não resistiu à comemoração da torcida i francis targanski/frame/folhapress 



Garotos do Grémio levam 
goleada antes do Gre-Nal 



Menos de 24 horas depois da 
emoção e da adrenalina do 
jogo contra a LDU, pela Li- 
bertadores, o Grémio, com 
seu time B, voltou a campo 
para uma atuação bem me- 
nos heróica. Em Ijuí, a equi- 
pe comandada por Roger 
Machado levou ontem 4 a 0 
do São Luiz, pela quarta ro- 
dada da Taça Piratini. 

Esse time reforçado por 
sete jogadores do elenco 
principal (Busatto, Tony, 
Douglas Grolli, Misael, Jean 
Deretti, Leandro e Wil- 
lian José) será o que entra- 
rá em campo no Gre-Nal de 
domingo. 

O Tricolor mostrou pou- 
co futebol coletivo e muito 
menos jogadas individuais. 
O São Luiz anotou três gois 



4^ 


ÇÃn 1 1117 Oliveira; Jr. Barbosa , T. Costa 
LUI£ ( M oliveira ) ; Marce i e E. Macaé; 
M. Rogério , Chicão , Adãozinho e M. Paraná 
(F. Lima ); Juba e Eraldo. Técnico: Paulo Porto 




TRFMin Matheus; Tinga, Gerson (R. Sabiá), 
UKtlVNU weriey e Car i os Alexandre (M. Biteco 
); Léo Gago, Ramiro, Rondinelly (Paulinho 1), Calyson 
e Gustavo Xuxa; Yuri Mamute. Técnico: Roger Machado 


• Local. Estádio 19 de Outubro, em Ijuí 

• Gois. Mareei, aos 43' do 1° tempo, Juba, aos 17' e aos 20', e Eraldo, 
aos 26' do 2 o tempo. 

• Arbritagem. Márcio Coruja (RS), auxiliado por Carlos Selbach (RS) e 
Leirson Martins (RS) 



em bolas levantadas na área 
e um em falha da dupla de 
zaga gremista. Até a noite 
de ontem, a equipe de Ijuí, 
do técnico estreante Pau- 
lo Porto, não tinha marca- 
do nenhuma vez no Cam- 
peonato Gaúcho. Em três 
partidas, a equipe B do Gré- 



mio sofreu seis gois e vazou 
a defesa adversária em três 
oportunidades. 

O placar foi contruído 
com gois de Mareei, no fim 
do primeiro tempo, e Juba, 
duas vezes, e Eraldo, no se- 
gundo tempo. 

@> METRO POA 



Flamengo vence clássico 



Em jogo de seis gois, Fla- 
mengo e Vasco fizeram um 
clássico acima das expecta- 
tivas, ontem, no Engenhão, 
pela quarta rodada da Taça 
Guanabara, o primeiro tur- 
no do Campeonato Carioca. 
O rubro-negro venceu por 4 
a 2 e assumiu a liderança do 
Grupo B, com 10 pontos. O 



Vasco segue líder da outra 
chave com 9 pontos. 

Gois bonitos, jogadas de 
efeito e bolas na trave fize- 
ram do clássico o melhor jo- 
go do Carioca até agora. Au- 
tor do terceiro gol do Fia, 
um golaço, Rafinha se emo- 
cionou: "Falaram que eu 
não chegaria por causa do 



meu tamanho. Ralei muito 
para chegar aqui", desaba- 
fou, depois do jogo. 

Além de Rafinha, Herna- 
ne, Nixon e Cleber Santana 
marcaram so gois da equi- 
pe rubro-negra. Para o Vas- 
co descontaram Pedro Ken 
e Dakson. 



Inter. Leandro Damião 
permanece no Beira-Rio 



O Inter seguirá contando 
com os gois de Leandro Da- 
mião, pelo menos até a pró- 
xima janela de transferên- 
cias. O clube colorado não 
aceitou mais uma investida 
do Tottenham pelo atacante. 

Os Spurs ofereceram cer- 
ca de R$ 63 milhões. Do va- 
lor, os cofres colorados rece- 
beriam 70%, com o restante 
sendo do Atlético de Ibira- 
ma. Em busca de um atacan- 
te de área, o clube inglês 
namora Damião há algum 
tempo e nova investida de- 
verá ser feita em agosto, 
quando será permitida a 
contratação de jogadores na 
Europa. 

Após o volante Josimar 
não aceitar a proposta do 
Palmeiras, o Inter desistiu 
de trocá-lo pelo meia-ata- 
cante Luan. 

Para o Gre-Nal de domin- 



Copa do Brasil 



Adversário 
vem do Acre 

A CBF divulgou os con- 
frontos da Copa do Bra- 
sil. O Inter terá de viajar 
até o Acre na primeira 
fase para enfrentar o Rio 
Branco. Caso avancem, 
os colorados enfrentarão 
na segunda etapa o ven- 
cedor do confronto en- 
tre Santa Cruz e Guara- 
ni de Juazeiro. As datas 
saem nesta segunda-fei- 

ra. © METRO POA 



go, o técnico Dunga deverá 
escalar o mesmo time que 
empatou por 0 a 0 com o No- 
vo Hamburgo, na quarta-fei- 
ra. © METRO POA 




1 





I 




I 


1 
















Inter não fechou negócio por Damião 1 alexandre lops/internacional 



QUARTA-FEIRA 

INTER 0X0 N. HAMBURGO 
SANTACRUZ 0X2 CAXIAS 

ESPORTIVO 0X0 CERÂMICA 
VERANÓP0LIS 1 X 1 LAJEADENSE 
JUVENTUDE 1 X 0 PELOTAS 

ONTEM 

SÃO JOSÉ 2X0 CRUZEIRO 
CANOAS 0 X 1 PASSO FUNDO 
SÃO LUIZ 4X0 GRÉMIO 

Taça Piratini 



GRUPO A 






P 


V GPSG 




CAXIAS 


J 




JL 




22 


LAJEADENSE 


9 


1 


4 


2 


32 


PASSO FUNDO 


5 


I 


3 


I 


42 


CERÂMICA 


4 


1 


3 


0 


52 


GRÉMIO 


3 


1 


3 


-3 


62 


CRUZEIRO 


2 


0 


0 


-2 


I o - 


N. HAMBURGO 


2 


0 


1 


-4 


Z°- 


PELOTAS 


0 


0 


1 


-4 




GRUPOB 






P 


V GPSG 


19 


SÃO JOSÉ 






JL 




22 


JUVENTUDE 


6 


1 


3 


l 


32 


INTERNACIONAL 


5 


I 


3 


I 


42 


SÃO LUIZ 


4 


1 


4 


2 


52 


VERANÓPOLIS 


4 


1 


5 


1 


62 


ESPORTIVO 


4 


1 


3 


0 


72 


CANOAS 


4 


1 


2 


0 


82 


SANTA CRUZ 


1 


0 


1 


-3 



GaUChãO-2013 


■ 


5- rodada 


■ 



AMANHA 

20H30 

ESPORTIVO LAJEADENSE 
DOMINGO 

17H- INTER X GRÉMIO 
18H- CANOAS X CRUZEIRO 
18H 

SÃO JOSÉ X PASSO FUNDO 
VERANÓPOLIS X CERÂMICA 
19H30 

SANTACRUZ X PELOTAS 
JUVENTUDE X CAXIAS 
20H 

SÃO LUIZ X N. HAMBURGO 



Canoas volta a 
vencer 

O Canoas não teve difi- 
culdades para vencer o 
FUNVIC/Midia Fone por 
3 a 0, ontem. Atuando 
em casa, o time do técni- 
co Paulão se impôs des- 
de o início, derrotando o 
adversário com parciais 
de 25/22, 25/18 e 25/22, 
mantendo a sexta colo- 
cação na Superliga. No 
sábado, o Canoas enfren- 
ta o Volta Redonda, às 
20h, em casa. 

© METRO POA